Michael Kors

Sexy Amber, 2017.



Michael Kors Sexy Ruby perfume review

Um perfume de uma marca que, em muitos aspectos, é uma estrela, uma luz e uma fonte de inspiração para muitas outras marcas. Em 2017 a "Michael Kors" traz-nos a sua mais recente criação - sexy ruby - que procura associar as jóias e as pedras preciosas à delicadeza e sensualidade da mulher. O conceito não é novo, muito longe disso, mas aqui materializa-se numa pedra muito específica: o ruby encarnado, muito vistoso e, sobretudo, muito atractivo.

Críticas

  • José Cândido
    | Mau |
    Fevereiro 2018

    Um conceito que, sinceramente, me diz muito pouco. Toda a conceptualização de um ruby em perfume me parece, no mínimo, tosca. Trata-se de uma cor que não atrai (na embalagem é demasiado matte e no frasco é demasiado brilhante) num frasco que é pouco orgânico e demasiado retalhado. A fragrância vem, na minha opinião, uns 30 anos atrasada.

Fragrâncias da mesma Famíla Olfactiva