Michael Kors

WonderLust, 2016.



Michael Kors WonderLust perfume review

Uma interpretação da vontade inata do ser humano em sair de si próprio, do seu contexto e da sua rotina, e partir em direcção a um paraíso tropical, cheio de cheiros e sabores distintos da nossa cultura. O conceito gerador do "WonderLust" materializa-se num perfume com um frasco sem qualquer linha recta (um pouco em rotura com os anteriores frascos desta marca) e uma fragrância com tonalidades muito interessantes como, desde logo, o Heliotrópio, o Leite de Amêndoa e a Madeira de Caxemira.

Críticas

  • José Cândido
    Agosto 2017

    É, talvez, a primeira vez que exprimento um "Michael Kors" e sinto que estou diante de um hit! Por isso tenho de agradecer a esta marca, sinceramente. Confesso que sempre julguei a "Michael Kors" como outsider no mundo da perfumaria: tem um portefólio relativamente curto e uma produção recente (a partir de 2000). Para esta marca crescer e se afirmar nesta indústria tinha de lançar um hit. Será o "WonderLust"? Não posso ter a certeza mas aposto que sim. Explorem este perfume!

Fragrâncias da mesma Famíla Olfactiva